Capturar – o passo 1 do GTD

Oi gente,

Hoje vamos iniciar o terceiro post da série sobre GTD. Nosso foco será no passo 1, CAPTURAR (coletar).

O objetivo desse passo é anotar qualquer tipo de tralha (informação/coisa) que capte a sua atenção. Pois, como já disse nos posts anteriores a nossa mente foi feita para criar e não para armazenar coisas. Acredite, a sua cabeça vai falhar no exato momento em que você precisa lembrar-se da informação (tralha).

bloquinho

Eu sugiro a todo ter duas ferramentas de coleta de tralha (informação/coisa), uma digital e uma de papel. Mas é claro que isso é adaptável a realidade de cada pessoa.

Por exemplo, eu tenho um bloquinho (papel) de captura sobre a minha mesa de trabalho, um ao lado da cama (impressionante a quantidade de coisas que vem a nossa mente na hora que deitamos), e o gravador do celular para toda a coleta quando eu estou na rua.

Como tudo isso funcionada?

Ao longo do dia enquanto estou trabalhando em uma tarefa outras demandas surgem. Essas demandas (tralhas) podem ser urgentes, podem ser apenas mais tarefas, podem ser compromissos (eventos com data e hora para acontecer) e o bloquinho ao lado do computador foi a melhor forma que encontrei de anotar essas demandas sem que a concentração seja totalmente interrompida. Depois eu consigo voltar a trabalhar na tarefa sem perder o foco do que estava fazendo.

Vamos imaginar que eu trabalhei no computador a manhã toda, quando foi a tarde eu tive que sair, mas isso não significa que demandas não apareçam, elas surgem a todo o momento. Para mim a melhor forma de capturar essas demandas quando estou na rua, é através do gravador de voz do celular. Pois é algo que está sempre comigo.

Isso não significa que você não possa ter mais de uma ferramenta de coleta digital (evernote, todoist, Google drive, email) ou outras formas de captura física. Aqui vale muito o BOM SENSO. Contudo, quanto mais ferramentas de captura (coleta) você tiver mais complicado será processar  e organizar todas as informações (tralhas) quando chegar aos próximos passos.  Com muitas ferramentas você ficará confuso e vai acabar perdendo alguma coisa coletada.

É muito importante que você tenha um local para manter (temporariamente) as demandas que chegam a você, mas que não foi você quem as coletou. Por exemplo, cartas, comunicados de diretoria, recados da sua secretária, etc. Tudo isso também são tralhas que precisarão ser processadas e organizadas, mas enquanto você não faz isso é legal ter um local para a armazenar, esse local é a caixa de entrada.

Modelos de caixa de entrada vertical e horizontal

bandeja-de-papel-horizontal bandeja-de-papel-vertical

Semana que vem continuaremos falando do passo 1, vou dar dicas de como iniciar tudo isso.

Ficou interessado em ser uma pessoa organizada? É só mandar um e-mail para contato@organizzeconsultoria.com.br

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *