Onde doar livros?

Imagem

Você sabe o que fazer com aquele montão de livros que não quer mais e ocupa um espaço enorme na sua casa?

doaçao de licros

Essa semana (06/06/16) recebi um desafio de uma cliente Organizze: descobrir que locais no Recife recebem doação de livros. Livros (romances em sua maioria) em excelente estado e bem atuais.

Pode parecer algo simples, mas não foi. Depois de uma manhã de pesquisa na internet e alguns telefonemas descobri dois locais: a Biblioteca Pública do Estado de Pernambuco que fica bem pertinho do Parque 13 de Maio, e a Biblioteca Comunitária Caranguejo Tabaiares (vou colocar os contatos abaixo). Porém, os dois estão  temporariamente incapacitados de receber as doações devido a reformas.

Fiquei bem intrigada com isso. Como é possível numa cidade do tamanho de Recife (com mais de 1,5 milhões de pessoas) ser tão complicado doar livros? Isso me deu uma ideia, que tal criar uma lista de locais que recebem essa doação com a ajuda de todos os seguidores/leitores da Organizze?! 

Então, se você conhece um local na sua cidade que recebe doação de livros, basta colocar nos comentários o nome da cidade, nome do local (ONG, biblioteca, centro comunitário, etc.) e telefone para contato. Se tiver mais alguma informação relevante pode colocar também.

Exemplo:

Recife, Biblioteca Pública do Estado de Pernambuco, 81 3181-2642 falar com Keyla.

Locais que recebem doação de livros em Recife (apesar de temporariamente sem poder).

Biblioteca Comunitária Caranguejo Tabaiares

Rua Campos Tabaiares, 203.
Ilha do Retiro – Recife
Fone: (81)3077.2535
Blog: bibliotecacomunitariact.blogspot.com

Biblioteca Pública do Estado de Pernambuco

Rua João Lira, S/N – Santo Amaro
Recife – PE CEP: 50.050-550
Fone: Fone: (81) 3181-2642

Agora pergunta a seus colegas de trabalho, amigos e parentes (pelo whatsapp mesmo) se alguém sabe de um local que recebe doações de livros e coloca aqui nos comentários. 

beijos! 

Share Button

Pais e filhos – todos juntos pela organização do lar

Imagem

Oi gente organizzada!

Muita gente pede dicas para organização de brinquedos. Encontro seguidores em festas de conhecidos e 80% dos pedidos são de dicas infantis. Então, agora o blog da Organizze vai trazer muitas dicas desse gênero.

É muito comum deixar a mercê dos pais a responsabilidade pela organização casa. Muitas vezes a culpa é dos próprios pais que ou não querem colocar esse tipo de “trabalho” para os filhos ou menosprezam a capacidade da criança ajudar.

Toda criança, mesmo pequenininha pode e deve ajudar na organização da rotina doméstica.Quando afirmo isso, não quero dizer que a criança agora será responsável por todas as tarefas da casa. Significa apenas, ir um pouco além de arrumar brinquedos e material escolar. Criança precisa estudar e brincar, mas um pouco de responsabilidade em casa é bom para o seu desenvolvimento.

De acordo com cada faixa etária, a criança consegue desempenhar atividades como por e tirar a mesa, colocar roupa suja no cesto, colocar roupa na máquina e até preparar lanches rápidos (quem já viu Júnior Master Chef sabe o potencial culinário que as crianças tem).

Por isso, hoje trouxe uma tabela bem legal desenvolvida pelo blog da Diiirce que mostra uma diversidade de tarefas que as crianças podem fazer para ajudar na organização doméstica.

 

ajuda-em-casa2

 

Agora que você sabe que todo o potencial do seu pequeno pode ser usado para te dá uma forcinha na organização da casa, que tal colocar em prática?!

Não esqueça emitir sua opinião nos comentários.

 

Share Button

O que fazer com a criançada na sala de espera de um consultório médico

Imagem

O que fazer quando você precisa levar as crianças ao médico, e não ter que pedir de três em três minutos pros meninos ficarem quietos?

Mulher-olhando-criança2Oi gente organizzada!

Faz uma duas semanas que fiz um post com dicas do que fazer quando se espera em um consultório médico e prometi que ia fazer um especial para as crianças. E já que promessa é divida está aqui algumas dicas do que as mamães e os papais podem fazer para que o tempo “perdido” na sala de espera de um consultório médico seja produtivo e nada perdido.

Sei que criança é criança, mas acho muito feio aqueles meninos que ficam gritando e tirando tudo do lugar. Quando eu era pequena se eu ou meus irmãos fizéssemos isso, levávamos logo um beliscão da minha mãe e num instantinho todos ficavam mansinhos.

birra-capa

A maioria dos médicos infantis tem uma área dedicada aos pequenos na recepção, mas muitas vezes os brinquedos estão quebrados, faltando peças e nem há espaço para todos ficarem sentados na mesinha, por isso é melhor se organizar e prevenir.

06 atividades para fazer com a criançada na sala de espera do consultório médico (as atividades podem e devem variar de acordo com a faixa etária de cada criança).

kids doctors office

  • Livros de colorir – Se seu filho gosta de pintar, leve livros de colorir e lápis de cor.
  • Leitura – aqui serve para todas as idades. Para os pequenos você leva uns dois e ler para eles. Já para os maiores diga para eles escolherem um e levar.
  • Fazer tarefa de casa/estudar – Já estudei para muita prova quando pequena em salas de espera. Na verdade eu ia para o corredor e estudava lá. Como gostava de “bater” a matéria em voz alta, ia para o lado de fora para não incomodar.
  • Assistir um filme – baixa um filme no tablet e pronto. Sei que muitos pais abominam o uso de aparelhos eletrônicos na hora de entreter a criança. Sou adepta da seguinte filosofia, nem 8 nem 80. Acho que eles devem ser usados com moderação e nos momentos necessários.
  • Brinquedos e jogos. Peça para a criança escolher um brinquedo ou jogo para se divertir enquanto espera a consulta médica.
  • Jogos eletrônicos em smartphones e tabletes.  Há excelentes apps de jogos educativos, apenas é preciso usar com moderação.

um beijo para todas as mamães e papais organizzados!

Camila 

Share Button

Planejando as primeiras semanas do bebê em casa.

Imagem

A cada hora nascem no Brasil cerca de 320 crianças (Revista Crescer) e muitas são de mamães de primeira viagem.  Nessa hora a angústia aperta. São tantas coisas que precisam ser planejadas e executadas que bate um medão se será possível dar conta de tudo.

cegonha

As primeiras semanas após o nascimento da criança são lindas, porém não são nada fáceis. Se alguém te disse o contrário ou mentiu ou teve ajuda em tempo integral de secretária, cozinheira, enfermeira e babá.

Apenas 1% (dado estatístico totalmente inventado por mim) das mães podem custear ter tantos ajudantes. Sem contar que muitas querer participar de tudo ou quase tudo nesse início.

Planejamento e organização são a chave para que essas primeiras semanas sejam tudo aquilo que você sempre sonhou.

tired mom

Isso não foi o que você sonhou, foi?

Abaixo seguem algumas dicas.

  • Defina com antecedência se terá alguém para ajudar e quais as tarefas dessa pessoa. Se você vai contratar alguém (babá ou enfermeira) converse bastante, peça referências e diga exatamente as tarefas que ela será responsável. Se puder contrate a funcionária 1 ou 2 meses antes. Ela pode ficar responsável por lavar as roupinhas, arrumar o quartinho, dentre outras tarefas. O importante é que quando o bebê nascer ela já estará familiarizada com a casa.
  • Se sua mãe ou sogra ou tia ou algum outro parente for ajudar é muito importante também que você defina com eles qual o papel de cada um.
  • Deixe a despensa, geladeira e armário bem abastecidos. Mesmo com a ajuda as primeiras semanas são punk. Tudo que você puder fazer com antecedência para amenizar a carga de trabalho que virá é bem vindo. Deixe pratos congelados, lote a despensa com mantimentos, e abasteça com carinho os itens de higiene intima e pessoal seu e do bebê. Não há nada mais irritante do que ter que sair de casa para comprar absorventes, ou algo para oferecer para as visitas que vão conhecer o baby. Se você tiver alguém para cozinhar deixe pronto um cardápio para 15 dias

Quer o link do planejamento das refeições da Organizze? Clica aqui

Geladeira

  • Tenha sempre um bolinho em casa nos finais de semana, muita gente irá visitar você e o bebê.

bolo simples

Um bolinho simples como esse está ótimo! Heheheheh

  • Defina se vai querer receber visitas em casa ou na maternidade. Deixe alguém encarregado de transmitir essa mensagem. Se vai apenas receber visitas durante o final de semana diga a todos e não abra exceção. Não é preciso ser chata com as pessoas que forem querer visitar em momentos impróprios. Apenas diga com delicadeza e educação que você prefere que ela vá em outro dia e horário.
  • Deixe anotado em local de faço acesso telefones de deliverys importantes como de farmácias, restaurantes, trabalho do marido e do pediatra. Eu particularmente acho que a porta da geladeira é um excelente local para guardar essa lista.
  • Aprenda a montar e usar os novos utensílios e objetos que farão parte da sua rotina. Já pensou em ter que montar alguma coisa com um bebê chorando? Aqui já vão alguns itens para você ir montando a sua listinha do que precisará saber montar, desmontar ligar e desligar: carrinho, bebê conforto, bombinha de leite, babá eletrônica, câmeras de segurança, etc.
  • Separe os vestidinhos mais confortáveis e bonitinhos para usar nessas primeiras semanas. Roupas que vão te ajudar a amamentar, mas que também podem ser usadas para receber visitas.

 

Se alguém tem mais alguma dica importante para as primeiras semanas de vida do bebê em casa pode deixar aqui nos comentários é sempre muito bem vindo.

 um beijão,

Camila.

Share Button

Família unida, casa organizada

Imagem

Hoje a Organizze viu no instagram da @donadecasamoderna uma dica de como melhorar a organização da casa em 20 minutos.  Foi daí que surgiu a ideia deste post. Como ajudar as donas de casa modernas ou não a melhorar a organização e diminuir o trabalho doméstico para as mesmas.

Ter em casa aquela funcionária antiga que te ajuda a controlar a bagunça da casa é massa. Porém essa realidade é cada vez mais rara. Muitas vezes a mãe é responsável por 95% do trabalho doméstico  e o os outros 5% é dividido entre pai e filho. .

Uma boa saída para incorporar a organização no dia a dia da casa e dos moradores é criar multas para quem não faz o acordado.

Determine uma caixa ou pote para guardar o dinheiro da multa, após um tempo (determinar data) a caixa será aberta e juntos todos decidirão o que fazer com o dinheiro.

marido bagunceiro

ps: essa dica é muito boa para quem tem marido bagunceiro em casa!!!

Quem quiser conhecer um pouco mais sobre o blog da @donadecasamoderna é só clicar aqui

 

Share Button

Organização de Brinquedos

Imagem

Criança gosta de brinquedo e mãe gosta de casa organizada!

Uma boa forma de organizar os brinquedos da criançada é por meio de caixas organizadoras transparentes ou cestos.

O importante é que sejam transparentes para que você e a criança consigam saber o que tem dentro de cada caixa ou cesto. Opte sempre por uma padronização de modelo e cor. Isso ajuda na organização visual.

Identifique cada caixa com nome ou desenho (para crianças que ainda não sabem ler) do tipo de brinquedo que deve ser guardado em cada local. Isto facilita a organização depois que a criança termina de brincar.

Gostou? Curta nossa fanpage e acesse sempre o blog da Organizze Consultoria para receber outras dicas de organização.

Utilização de caixas transparentes com tampas

Organização de brinquedos 1

 

Identificação das caixas ou cestosOrganização de brinquedos 2

 

Utilizando o espaço da parede para organização de brinquedos, material de artes e livros 

organização de brinquedos 3jpg

 

Utilização de baú e cestos organizadores Organização de brinquedos 4jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share Button

Organização e educação financeira (crianças)

Imagem

Você sabia que organização é essencial para se ter um controle dos gastos financeiros? Conheço muita gente que extrapola nos gastos simplesmente porque é desorganizado. Não tem controle do quanto já saiu da conta e continua a gastar.

Educação e organização financeira é algo que os pais precisam passar para os filhos. Do mesmo jeito que ensinamos as crianças a falar papai e mamãe precisamos ensinar a organizar os gastos.

finanças_criança

A cada pedido dos pequenos tente explicar com otimismo e brincadeiras, o porquê do sim e do não.

Para quem quer ensinar os pequenos desde cedo sobre dinheiro, gastos e organização financeira sugiro o livro A Menina que Calculava ótimo para pais e filhos lerem juntos.

Fazendo pesquisa sobre o tema encontrei alguns sites bem legais e lúdicos. São eles:

http://www.turmadabolsa.com.br/ super lúdico, ótimo para as crianças.

http://www.bcb.gov.br/htms/bcjovem/ não há muitas dicas, mas há jogos e matérias relacionadas a dinheiro.Ótimo para criançada fazer pesquisa escolar.

http://www.financaspraticas.com.br/  tem bastante informação para colher e aprender

http://www.itau.com.br/usoconsciente/ tem vídeos muito bons, mas no meu browser deu problema. Tente usar o IE.

 

Share Button

Mala para a maternidade

Imagem

cegonha

Muitas mamães de primeira viagem não sabem o que colocar na mala para levar à maternidade. Existe até quem já contrate organizadoras profissionais para realizar essa tarefa.

Se você também está neste dilema preste atenção nas dicas abaixo e deixe a sua e a malinha do bebê já prontas. Na hora da correr para a maternidade é só pegar as malas no armário.

Mala do bebê para a maternidade

  • 6 macacões tamanho RN ou P
  • 6 bodies ou camisetas do tipo pagão
  • 6 calças com pé
  • 1 manta de algodão
  • 4 cueiros
  • 1 manta de linha ou lã
  • 2 casaquinhos de lã (é mais fácil quando os casaquinhos são de botões e não precisam passar pela cabeça do bebê)
  • 6 fraldinhas para usar no colo e no ombro para as visitas poderem segurar o bebê e para ele arrotar
  • 6 paninhos de boca
  • 2 pares de luva
  • 6 pares de meia
  • 1 touca bem quentinha
  • 1 escova de cabelo e fivelinhas para as meninas
  • 1 lençol de carrinho para ser colocado no berço do hospital
  • 1 saco para roupas sujas
  • 1 lençol para sair com o bebê do hospital
  • Pomada para assaduras
  • Lenços de limpeza
  • Se tiver não esquecer o livro de presença, lembrancinhas e enfeite de porta

Se quiser separe os conjuntinhos de roupas em saquinhos de tecido, assim ficará mais fácil arrumar o bebê. Coloque em cada embalagem 1 macacão, 1 body, 1 pagão e 1 par de meia.

DICA PREMIUM – Um recém nascido usa de 8 a 10 fraldas por dia! Faça estoque!

Mala da mamãe

  • 3 camisolas ou pijamas com abertura na frente para facilitar o acesso aos seios
  • 5 calcinhas com cintura alta
  • 1 par de chinelos ou pantufas
  • 3 pares de meia
  • 3 sutiãs de amamentação
  • 1 muda de roupa confortável para quando você sair do hospital
  • Nécessaire com sabonete, xampu, escova de dente, creme dental, maquiagem etc.
  • Suplemento extra de absorventes
  • Seus documentos e do acompanhante, incluindo seus exames, receitas de remédio, telefone do médico e carteira de convênio

Quando o parto é normal e transcorre tudo bem bebê e mamãe são liberados em um dia, mas quando o parto é cesária costuma-se ficar 3 dias no hospital. Então se você é organizada, ou pelo menos está tentando ser comece agora a colocar em prática essas dicas arrumando as malas.

TENHA UM EXCELENTE PARTO!

Gostou? Curta a fanpage da Organizze e fique ligado nas dicas.

 

Share Button

Guardando as bonecas!

Imagem

Gente, olha que ideia legal para organizar bonecas! 

Agora as meninas não tem mais desculpa para deixar suas bonecas espalhadas pelo quarto. 

organizador-de-bonecas-post

Share Button

Cuidados com as roupinhas do bebê

Imagem

roupa de bebê

Muitas mamães de primeira viagem não sabem, mas é preciso lavar todas as roupinhas do bebê antes de usá-las. Isso serve também para roupas que vem embaladas  como lençóis e fraldinhas de boca. Já que o trabalho é grande, o melhor é  fazer antes do baby chegar, conforme você vai ganhando as peças. Um bom momento é lá pelo 6° ou 7° mês de gestação.

Comece sempre lavando as que irá levar para a maternidade e as de recém-nascidos, coloque tudo em saquinhos de filó ou algodão para que permaneçam limpos.

A partir do 8° mês de gestação deixe a bolsa da maternidade já pronta. Seu baby pode ser apressadinho.  Além dos pertences do bebê, separe as coisas que a mamãe precisa como troca de roupas e penhoar. Você receberá visitas e é preciso estar ao mesmo tempo composta e confortável.

Como lavar as roupas do bebê

  • Tenha baldes ou bacias exclusivas para as peças do bebê (3 é um número bom), assim você sempre saberá que não há nenhum resíduo de produto químico que possa causar alergias ao seu príncipe ou princesa.
  • Nos primeiros três meses de vida, use somente sabão de coco ou sabão neutro, e não use amaciante. As roupas deverão ficar de molho e serem muito bem enxaguadas.
  • O segredo para tirar machas difíceis como de cocô é limpar na hora e deixar de molho no sabão de coco. Se ainda sim a mancha persistir deixe no sol.
  • A partir do quarto mês pode-se usar sabão próprio para lavar roupas de bebê, sempre enxaguando muito bem, o cheiro forte pode causar alergia.
  • Produtos como sabão em pó ou líquido normal, água sanitária, alvejantes e amaciastes podem causar alergias. Não use nada até a criança ter mais de 1 ano e pergunte sempre ao pediatra.
  • Lave roupas mais delicadas e as peças de lã sempre à mão.
  • As roupas do bebê que serão colocadas na máquina devem ser colocadas em saquinhos próprios para lavar roupa (exclusivos para o bebê) e precisam ser lavadas separadamente dos demais membros da casa.
  • Para melhor organização no guarda-roupa passe sempre ferro nas peças do bebê.

Mais dicas em breve! Curta fanpage para recebê-las!

Share Button